Top 5: Os Jogos da Infância

Olá, Geeks. Tudo certo?

Se você era aquele tipo de criança que quando chegava da escola corria em direção ao videogame afim de jogar, certamente deve ter guardado consigo uma lista de jogos memoráveis e que marcaram o início de sua vida como gamer, certo? Ah, que saudades daquela época em que não era preciso preocupar-se com nada além de quantas vidas restavam, qual seria o próximo adversário em um campeonato insano de combates, o quão difícil seria passar de um castelo ou que criaturinha capturar para deixar o time ainda mais forte.

Pensando assim, resolvi trazer para vocês uma lista com alguns jogos que foram extremamente importantes na minha infância, assim como na de muitos outros – estou certo de que muitos de vocês vão se identificar. Então, podemos começar?

1. Série Super Mario

sm
São incontáveis as horas em que passei quebrando a cabeça com os jogos da franquia Super Mario, principalmente no Super Mario World, do Nintendo 64. Era extremamente divertido passar por todas aquelas fases com sistemas diversos e inimigos diferentes – do mais ridículo ao mais fucking awesome -, além das diversas transformações pelas quais nossos heróis passavam de acordo com certos itens.

Tenho no meu coração um lugar especial por esse jogo, não apenas por ser um dos primeiros que tive a oportunidade de jogar, mas porque guardo boas lembranças do tempo em que jogava com meu irmão, com meus amigos e até com os vizinhos. Eventualmente fico um pouco emocionado vendo que a Nintendo continua apostando nas histórias do encanador bigodudo, sempre aprimorando as mecânicas e os gráficos, mas sem perder a essência original da coisa.

2. Série Pokémon

pkm
Pokémon, para mim, é tão especial quanto Mario. Tudo bem que eu só tive acesso aos jogos dos monstrinhos de bolso bem depois de seus lançamentos, mas aos dez, quando joguei o singelo Pokémon Yellow por um emulador, surgiu um amor verdadeiro pela franquia. Nos meses e anos que se seguiram continuei a jogar e, preciso confessar, o faço até hoje! Tenho até um certo orgulho de dizer que joguei todos as versões de Pokémon da 1ª até à 5ª geração – infelizmente ainda não tive acesso à 6ª.

Enfim, o que tornava Pokémon tão incrível na infância era o fato de, com apenas dez anos, um garoto poder se aventurar por todo um continente, vivendo aventuras, enfrentando desafios, fazendo novos amigos e capturando as criaturinhas dos mais diversos tipos e com habilidades bem diferentes. Não sendo tudo isso suficiente, você ainda poderia enfrentar os líderes de ginásio – todos mais velhos e experientes –, conquistar as insígnias e tornar-se o campeão do continente. Como eu já disse uma vez, parece muito simples, mas Pokémon é tipo de jogo extremamente viciante e pelo qual praticamente toda criança nutre afeto… não poderia ser diferente comigo, certo?

3. Street Fighter & The King of Fighter

kfxsf
Talvez alguns me julguem por colocar estes dois clássicos em um mesmo patamar, mas é preciso dizer que os jogos são praticamente semelhantes, mudando apenas os personagens e a historinha de fundo – que, nós jogos antigos, era bem pouca se não nula. De toda forma, tanto SF quanto TKF foram muito marcantes porque era o tipo de game que eu jogava com os meus amigos. Passávamos horas brincando e gastando dinheiro naquelas máquinas de ficha. Brigávamos, dávamos risadas e ficávamos putos quando a máquina comia a nossa tão preciosa ficha.

Ainda que estes fossem limitados à uma porradaria pura e sem sentido, achava muito bacana o fato de haverem neles personagem com diversas etnias e poderes condizentes com as realidades em que viviam, além, é claro, das relações que havia entre eles – achava muito legal quando as falas de um personagem mudavam em detrimento da relação que ele tinha com outro personagem, os golpes, etc. Se parar para me perguntar, certamente vou lembrar do time que eu usava em TKF, era sempre o mesmo e nunca perdia a graça: Kula, Leona e Sie Kensou estarão sempre no meu coração. Também guardo lembranças das surras que levava em SF – sério, eu era muito ruim – com minha Chun-Li ou com o Guile.

4. Sonic

s

Sonic é outro jogo ao qual só tive acesso bem depois de todos já o terem jogado, mas, ainda assim, guardo a turminha do ouriço azulado no fundo do peito. Este jogo me conquistou pela história, preciso admitir. A perspectiva de ser o responsável pelo destino de todo um universo é o tipo de trama que me deixa empolgado e, bem, é exatamente isso que acontece em Sonic: temos de correr pelo mundo tentando impedir o Dr. Eggman de transformar todos os animais em criaturas robóticas – sempre me perguntei como esse cara fazia isso.

5. Crash Bandcoot

c
Crash foi o primeiro jogo que comprei e joguei no Playstation. Ainda que não tivesse nas mãos a responsabilidade de salvar o universo, nesse jogo nós tínhamos de salvar a nossa irmã, Coco, do malvado Dr. Neo Córtex. Porém não apenas isso, achava muito bacana o fato de termos a possibilidade de explorar vários universos com temas variados – selva tropical, montes nevados, etc. Cada universo contendo um conjunto de seis fases, sendo a sexta o chefão.

É o tipo de jogo em que você não se importa de perder horas jogando, mesmo morrendo trocentas vezes, ficando revoltado e descobrindo depois de inúmeras tentativas que era bem fácil passar de certa parte do jogo. As fases variavam de um simples “caminhe nesse lugar perigoso, sobreviva e chegue até o portal” até coisas como “corra, tem um fucking urso gigante te perseguindo” – estas últimas sempre eram as melhores porque nós nunca tínhamos tempo de pensar. Era muito divertido.

É isso aí pessoal, essa é a lista com os jogos mais marcantes da minha infância. Quais os seus?
See ya!

Anúncios

Sobre Lucas Campos

21 anos. Estudante de Jornalismo. Leitor compulsivo.
Esse post foi publicado em Zona de Teste e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s