Resenha: A Lista Negra

A-Lista-NegraValerie é uma típica estudante que sofre bullying na escola. Como forma de “vingança”, decide criar com seu namorado, Nick, uma lista onde anotavam o nome de todas as pessoas que os incomodavam e os quais eles queriam que morressem. 

Tudo não passava de uma brincadeira, até o dia em que Nick surge na cantina atirando em vários alunos e logo depois se suicida. Agora Val é forçada a voltar à escola e terminar o ensino médio, ao mesmo tempo em que tenta defender-se da polícia e reconquistar a confiança dos colegas e da sua família.

Livro: A Lista Negra /Autor: Jennifer Brown /Páginas: 271 /Editora: Gutenberg /Ano: 2012

“As pessoas fazem isso o tempo todo – acham que ‘sabem’ o que está se passando na cabeça de alguém. Isso é impossível. É um erro achar isso. Um erro muito grande. Um erro que se você não tiver cuidado, pode arruinar sua vida.” – Valerie

Já na sinopse do livro nota-se que este não será apenas mais um livro comum que trata de bullying. Do início ao fim da história, as consequências mais severas desse ato nada engraçado ficam bem claras. A habilidade da autora é notável na forma como ela trata temas difíceis, tais como assédio sexual, pressão psicológica, violência, suicídio e desconfiança.

A obra apresenta personagens bem desenvolvidos e intensos, que exigem certa dedicação do leitor para que este entenda como cada um é e os motivos por trás da forma que agem, mais especificamente quando se trata de Nick e dos pais da protagonista.

“Mais que tudo, não consegui crer que minha ‘melhor’ e mais antiga amiga acreditava que tudo o que disseram sobre mim era verdade. Não podia crer que nem tinha se ligado em perguntar se o que estavam dizendo tinha realmente acontecido.” – Valerie 

20141218_074121

Tanto a capa como a contracapa trazem artes bem interessantes, como rabiscos que simulam a lista feita pela protagonista. Outros desenhos ainda compõem o exterior e o interior da obra, no inicio de cada capítulo, o que confere maior riqueza e detalhamento à arte do livro.

Por sinal, os capítulos são curtos e iniciados com um relato do passado, antes da tragédia na cantina, seguidos de um trecho de jornal e, logo após, voltamos à história no presente. Tal aspecto torna possível conhecer aos poucos alguns personagens, já que a maior parte das notícias se refere a cada um dos envolvidos no atentado. Essa impessoalidade presente nas notícias proporciona uma visão diferente da narração em primeira pessoa feita por Valerie ao longo da história.

“E eu passava cerca de uma hora, meu quarto ficando escuro, pensando em que diabos tinha acontecido para me tornar tão incerta sobre até mesmo quem era eu. Porque ‘quem é você’ deve ser a pergunta mais fácil de ser respondida, certo? Mas, para mim, há muito tempo não estava sendo fácil responder. Talvez nunca tenha sido.” – Valerie 

Com um enredo emocionante, Jennifer Brown soube como manter a curiosidade do leitor, surpreendendo-o diversas vezes com situações inesperadas e proporcionando sentimentos mais próximos da revolta que da alegria. Com isso, a narrativa se torna mais próxima da realidade, trazendo ensinamentos valiosos e mostrando que há esperança mesmo quando estamos envolvidos em situações difíceis

“- Um é meu número favorito -sorriu Bea – Em inglês, a palavra “um” tem o mesmo som do passado de “vencer” e podemos todos dizer no final do dia que vencemos de novo, não podemos? Em alguns dias, chegar ao fim do dia é uma grande vitória.” – Bea

5invaders

Avaliação: 5 Invaders – Excelente

Anúncios

Sobre Diana Araújo

Estudante de jornalismo supersticiosa ao ponto de só levantar da cama com o pé direito. Considera seus livros como filhos. Sempre pula o último degrau da escada. Já assistiu Dirty Dacing trocentas vezes. Tem mania de lavar as mãos. Ama histórias com contos de fadas, princesas e super herois. Ah, e as melhores cantadas são suas.
Esse post foi publicado em Na sua Estante e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s