Resenha: Garota Exemplar

Este texto pode conter spoiler!

GAROTA_EXEMPLAR_1360264778BNa manhã do seu quinto aniversário de casamento, a linda e inteligente Amy desaparece da casa onde mora com seu marido, Nick Dunne, às margens do Rio Mississipi. Passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que encanta qualquer pessoa. Nick jura ser inocente do desaparecimento da mulher, porém, pressionado pela polícia, pela opinião pública e pelos pais de Amy, ele desfia uma série de meias verdades e comportamentos um tanto questionáveis. À primeira vista parece ser um crime violento. Será Nick um assassino? Onde está sua esposa? Apesar de parecer estranhamente evasivo, Nick afirma inocência, mas o problema é: porque todas as pistas apontam para ele?

Livro: Garota Exemplar/ Autora: Gillian Flynn/ Páginas: 448/ Editora: Intrínseca/ Ano: 2012

O pior sentimento: quando você tem simplesmente que esperar e se preparar para a mentira – Amy Elliot

Se for possível descrever esse livro em apenas uma palavra, não haveria melhor escolha que: surpreendente. É certo que cada fato vai surpreendendo o leitor e fazendo-o se aliar a um dos lados… para no capítulo seguinte mudar de idéia.

Sim, você pode ficar confuso muitas vezes. E isso deve-se à tamanha inteligência e criatividade da autora ao pensar em cada detalhe do enredo. Cheio de mistério, suspense e com um romance conturbado, “Garota Exemplar” foge dos clichês. A desvantagem é que o suspense demora um pouco a engatar. Mas quando pega o ritmo, prende o leitor facilmente, pela forma como os acontecimentos são contínuos e inesperados.

É uma época muito difícil para ser uma pessoa, apenas uma pessoa real, de verdade, em vez de uma coleção de traços de personalidade escolhidos de uma interminável máquina automática de personagens – Nick Dunne

A narração é feita primeiramente por relatos do diário de Amy sobre o passado, e o presente fica por conta de Nick. Já nas segunda e terceira partes do livro, continua sendo feita por Amy e Nick, porém ambos contam o que se passa atualmente.

Gillian Flynn cria personagens complexos, cheio de segredos, que mudam de humor e levam-nos com eles, principalmente tratando-se de Amy. Além dessa construção dos protagonistas, tão rica em detalhes, mas também a forma como as pistas se ligam umas às outras, que causam confusão e fazem repensar as preferências de quem lê.

As mulheres são malucas, porra. Sem classificação. Não algumas mulheres, não muitas mulheres. As mulheres são malucas. – Nick Dunne

É interessante deparar-se dentro do livro no modo como a mídia pode influenciar a opinião da maioria das pessoas e como uma “arrumação” nas palavras e nos argumentos pode causar uma mudança de perspectiva, transformando o vilão em mocinho e vice versa.

O final é decididamente de cair o queixo, foge do comum. A autora cria um desfecho com realidade um tanto conturbada. Após uma experiência com esse livro, é bem provável que o leitor, por um tempo, passe a desconfiar até da própria sombra.  

Dizem que o amor deve ser incondicional. Essa é a regra, todos acreditam. Mas se o amor não tem fronteiras, não tem limites, não tem condições, por que a pessoa deveria tentar fazer a coisa certa? Se eu sei que sou amada não importa o que aconteça, onde está o desafio? – Amy Elliott 

4invaders

Avaliação: 4 Invaders -Ótimo

O filme baseado no livro estreou no Brasil no dia 2 de outubro de 2014 e o 8-Geeks já fez sua crítica. Conte pra nós o que achou do livro e do filme nos comentários. Até mais, geeks!

Anúncios

Sobre Diana Araújo

Estudante de jornalismo supersticiosa ao ponto de só levantar da cama com o pé direito. Considera seus livros como filhos. Sempre pula o último degrau da escada. Já assistiu Dirty Dacing trocentas vezes. Tem mania de lavar as mãos. Ama histórias com contos de fadas, princesas e super herois. Ah, e as melhores cantadas são suas.
Esse post foi publicado em Na sua Estante e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s